Atletas de fim de semana têm mais risco de terem problemas no coração

Para os atletas de fim de semana, vai um alerta: exercícios de grande impacto, como o tradicional futebol com os amigos, podem trazer complicações à saúde daqueles que não estão habituados a fazer outras atividades físicas durante a semana. A prática pontual de atividade física intensa pode aumentar os riscos de estiramento muscular, infarto do miocárdio e até de morte súbita.

Segundo uma pesquisa publicada pelo JAMA, (Journal of American Medical Association) em 2011, atletas de fim de semana têm risco 2,7 vezes maior de desenvolver problemas cardíacos, por realizar esforços que sobrecarregam o coração sem estar acostumado a isso.

O coração contrai e relaxa funcionando como uma bomba a fim de irrigar as células com sangue oxigenado. Como durante a atividade física tecidos e órgãos necessitam de mais oxigênio, o coração acaba elevando o bombeamento. Não estando acostumado, o esforço pode ser demasiado.

Por causa das alterações que acontecem com o corpo durante a prática esportiva, Flavio Cure Palheiro, cardiologista e professor da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), destaca a importância de obter orientação especializada. “ É fundamental passar por exames cardiorrespiratórios e avaliação de hábitos alimentares, já que os sedentários podem carregar uma série de problemas ocultos que podem aparecer de uma hora para outra”.

Dicas antes de começar qualquer atividade física

  • É importante consultar um cardiologista para que ele defina quais exames complementares, como eletrocardiograma e teste ergométrico, serão necessários para certificar que o exercício não trará nenhum risco.
  • A recomendação geral é praticar meio hora de atividades moderadas cinco dias por semana, ou 20 minutos de atividades mais intensas três vezes por semana. Mas é importante lembrar que cada pessoa deve ter seu próprio plano de exercícios. A parceria entre o profissional de saúde e o especialista em educação física é o melhor caminho.
  • É extremamente importante respeitar os limites físicos. A respiração ajuda a perceber se você não está forçando a barra. Quanto mais ofegante, maiores são os riscos.
(Fonte: http://coracaoalerta.com.br/mexa-se/atletas-de-fim-de-semana-tem-mais-risco-de-terem-problemas-no-coracao/)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2014/10/atletas-de-fim-de-semana-tem-mais-risco-de-terem-problemas-no-coracao/