Brasileiro inova com plataforma colaborativa voltada para criação de moda

Publicado em 18-03-2017 Modificado em 18-03-2017 em 16:17

Brasileiro Alfredo Orobio, fundador da plataforma de design de moda “AwaytoMars”. Divulgação

O brasileiro Alfredo Orobio, de 28 anos, residente em Portugal, dirige uma plataforma inovadora que tem por objetivo tornar a indústria da moda mais democrática e acessível a novos talentos. Lançada em 2015, a “AwaytoMars” é aberta à contribuição de designers de todo o mundo e funciona em regime de co-criação e financiamento coletivo.
Luciana Quaresma, de Lisboa para a RFI

A ‘AwaytoMars’ é uma plataforma online que usa a internet para conectar pessoas com boas ideias no mundo inteiro. Qualquer designer pode apresentar sua contribuição. “A gente está com 8 mil pessoas hoje, de 90 países, que mandam, normalmente, mil a duas mil ideias a cada colecção”, diz Orobio. Democrática e inclusiva, a plataforma estimula a criação coletiva e a inovação.

A ideia do projeto surgiu enquanto Arobio pesquisava o comportamento de consumo de moda para o curso de mestrado que fez na Universidade de Lisboa. “Tive vontade de juntar pessoas que não teriam a oportunidade de estar no mesmo espaço físico e criativo para trabalharem juntas. A gente tem pessoas do Cazaquistão que trabalham com pessoas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul. Todas com um objetivo em comum, que é tirar as ideias do papel e colocar à venda”, explica.

Experiência inovadora na Lisboa Fashion Week

A ‘AwaytoMars’, mais uma vez, esteve presente na edição de 2017 da Lisboa Fashion Week, neste mês, num desfile em que cada peça foi criada no momento, provando que moda e arte andam lado a lado. A passarela serviu de estúdio e a inspiração dos criadores foi uma homenagem à capital portuguesa.

“Eu queria trazer o público, o ‘bayer’ e a imprensa para o meu ateliê, para nosso processo de criação. Eu convidei 13 artistas que escolheram Lisboa como residência para fazer uma homenagem e uma intervenção”, explica Arobio. “O que eu queria era que a emoção do momento influenciasse na arte de cada um. Então, cada pessoa que estava dentro daquela sala influenciou o artista naquela criação. É isso o que eu quero com a ‘AwaytoMars’, que todo mundo se sinta parte do processo criativo”, conta Arobio.

O brasileiro sempre teve como principal motivação apostar nas ideias do coletivo e dar espaço para novos criadores. Poder chegar ao maior número de artistas é o objetivo e, por esse motivo, expandir a ‘AwaytoMars’ é o caminho natural. “Hoje, a gente tem um escritório em Londres e faz parte da ‘Centre for Fashion Enterprise’, que é uma organização da União Europeia e da Universidade de Artes de Londres que promove marcas inovadoras”, relata o designer.

Além dos mercados já conquistados, como Inglaterra e Portugal, o Brasil é o próximo na lista da ‘AwaytoMars’. “Estamos desenvolvendo vários projetos com o Brasil […] uma coleção de calçados com uma grande marca brasileira, mas ainda é surpresa”, diz o empreendedor.

(Fonte; http://br.rfi.fr/europa/20170318-brasileiro-inova-com-plataforma-colaborativa-voltada-para-cria%C3%A7%C3%A3o-moda)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2017/05/brasileiro-inova-com-plataforma-colaborativa-voltada-para-criacao-de-moda/