Aumenta o número de homens com depressão e ansiedade

O Brasil há um ano atrás, nas estatísticas da OMS, em relação as amostragens da América Latina, estava com índice de 5,8% de casos de depressão, (no mundo era 4,4%) – o que representava (arredondando) um total de quase 12 milhões de brasileiros, e, sendo que ainda o povo brasileiro liderava com o mais alto índice de ansiedade no mundo – 9,3%, o que equivale informar que estaria em torno de quase 19 milhões de pessoas.

Lamentavelmente tais casos de doenças levam ao suicídio e a outros transtornos com dependências de drogas, e nas bebidas, e a impossibilidade para o trabalho.

Recentemente, em diálogo com um especialista no assunto, ele informa que aumentou o número de homens, vítimas de ansiedade e depressão, antes mais comum nas faixas de áreas mais pobres, hoje se estende em todas as classes sociais, aumentado o número de homens, diante de desemprego e as instabilidades nos cenários de poder.

Um dos pontos que tal especialista citou é que a meditação, a Yoga, e até atos religiosos, podem contribuir para combater o estresse, promovendo o relaxamento mental, e a superação das dificuldades, assim como também, é muito salutar o convívio com grupos de amizades. As terapias para quem tem acesso aceleram a recuperação, todavia atualmente há algumas unidades de SUS, que também atendem com as modalidades de acupuntura, exercícios especializados, yoga etc.

O que importa é não desistir de si mesmo, é acreditar que poderá inovar e superar-se, e que por isto sairá bem mais fortalecido das situações de crise.

Organize os seus grupos de amizade, e busque ser uma pessoa mais solidária e engajada, sentir-se-á mais útil, e verá que sempre há alguém que precisa mais de você, do que você desta pessoa. É muito gratificante saber doar-se, um “santo remédio” para ser feliz.

SUGESTÃO DE LEITURA: https://super.abril.com.br/comportamento/o-poder-das-amizades-na-vida-de-uma-pessoa/

Pesquisamos algumas notícias e informações, que acreditamos possam ser interessantes, podem ser um bom motivo para dialogar com alguém, e, não se sentir tão só, ou, melhor não deixar alguém tão só a nossa volta… sem ter com quem dialogar, que tal?

Um fraternal abraço, com votos de muito sucesso e alegrias em sua vida. Quiçá as entrevistas que fizemos sejam também muito interessantes e valiosas, pois nossos colaboradores são voluntários em repartir seus conhecimentos, e, contam muito com nossa estima. Elisabeth Mariano e equipe ESPAÇO HOMEM.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/aumenta-o-numero-de-homens-com-depressao-e-ansiedade/