Há 57 anos, Yuri Gagarin se tornava o primeiro homem a ser lançado no espaço

Por Patrícia Gnipper | 12 de Abril de 2018 às 13h07

A bordo da nave Vostok 1, o cosmonauta soviético Yuri Gagarin se tornou o primeiro homem a ser lançado no espaço em 12 de abril de 1961, há exatos 57 anos. Este foi o primeiro grande marco da Corrida Espacial, protagonizada entre Estados Unidos e União Soviética, que, em plena Guerra Fria, batalhavam “na miúda” para ver quem conquistava o espaço primeiro.

A Vostok 1, por sinal, era uma nave bastante humilde, medindo apenas 4,4 metros de comprimento por 2,4 m de diâmetro, e pesando 4.725 quilos. Ali, haviam dois módulos, sendo um para acomodar os equipamentos e tanque de combustível, enquanto o outro era a cápsula onde o cosmonauta sentou ali, quietinho, durante a experiência.

Gagarin disputou a vaga histórica com outros 19 pilotos previamente selecionados após testes físicos e psicológicos rigorosíssimos, e foi escolhido por conta de seu excelente desempenho durante o treinamento, além de ter uma origem camponesa (o que contou pontos para o regime político comunista). Mas sua personalidade cativante e características físicas “compactas” (ele tinha somente 1,57 m de altura e pesava 69 kg) também foram diferenciais considerados na hora da seleção.

Pouco antes de embarcar, Gagarin disse algumas palavras. “Em poucos minutos, possivelmente uma nave espacial irá me levar para o espaço sideral. O que posso dizer sobre estes últimos minutos? Toda a minha vida parece se condensar neste momento único e belo. Tudo o que eu fiz e vivi foi para isso!”, declarou. Já no espaço, enquanto a Vostok 1 dava a sua única volta em órbita da Terra, Yuri, aos 27 anos de idade, não segurou a emoção e disse: “A Terra é azul! Como é maravilhosa. Ela é incrível!”.

O voo durou exatos 108 minutos, a uma altura de 315 km a partir da superfície, em uma velocidade de 28 mil km/h. O cosmonauta se manteve em contato com a Terra usando diferentes canais via telefone e telégrafo.

Já na hora de voltar ao planeta, os cientistas soviéticos acabaram errando o cálculo da trajetória de aterrissagem da nave, fazendo com que Gagarin retornasse à Terra caindo no Cazaquistão – a mais de 320 km do local da decolagem. Então, quando Yuri aterrissou de volta ao nosso planeta, ainda precisou esperar, sozinho, até que a equipe o resgatasse.

E foi, a partir deste momento, que a humanidade entrava na Era Espacial, fazendo com que os EUA investissem na NASA para que o país não ficasse atrás dos rivais soviéticos no que diz respeito à exploração do espaço. Sim, os EUA levaram o homem à Lua pela primeira vez em 1969, com a missão Apollo 11, mas é dos russos o troféu do lançamento do primeiro satélite na órbita terrestre (o Sputnik 1, em 1957), e a medalha de ouro na competição de levar o homem ao espaço pela primeira vez, com Gagarin.

(Fonte: https: //canaltech.com.br/espaco/ha-57-anos-yuri-gagarin-se-tornava-o-primeiro-homem-a-ser-lancado-no-espaco-111752/, data de acesso: 10/05/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/05/ha-57-anos-yuri-gagarin-se-tornava-o-primeiro-homem-a-ser-lancado-no-espaco/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.