Nossas palavras na atual conjuntura se referem a Paulo Coelho

28 de Fevereiro

Dia da Ressaca


Nosso fraternal abraço a todos vocês, e, a expectativa de que aprecie nossas pesquisas que fizemos para esta edição.

Leia a seguir e reflita, talvez seja muito importante na atualidade, inspirar-se em vencedores pela paz…Nossa gratidão a todos os homens que voluntariamente colaboram conosco e nos orientam… sem dúvida, os senhores fazem parte nos nosso pilares de sustentação a este ideal.

Fraternal abraço de Prof.ª Mestra Elisabeth Mariano e equipe.

PARA REFLETIR E DIVULGAR:

“Grandes homens de negócio que estudam gráficos atrás de gráficos terminam comprando ou vendendo exatamente o oposto da tendência do mercado e ficam mais ricos.

Artistas escrevem livros ou filmes que todo mundo diz “isso não vai dar certo, ninguém toca nesses temas” e terminam se transformando em ícones da cultura popular.

Líderes religiosos utilizam o medo e a culpa em vez do amor, que teoricamente seria a coisa mais importante do mundo; suas igrejas se enchem de fiéis.

Todos contra a tendência geral, exceto um grupo: POLÍTICOS. Esses querem agradar a todos, e seguem o manual de atitudes corretas. Acabam tendo que renunciar, desculpar-se, desmentir.”

O vencedor está só – Paulo Coelho

INIMITÁVEL PAULO COELHO: Escritor, diretor e ator (superou depressão etc.) foi peregrino de Santiago de Compostela, na Galiza.

AUTOR reconhecido mundialmente por seu destaque em o “O Alquimista” considerado um dos mais importantes fenômenos literários do século XX. Chegou ao primeiro lugar da lista dos mais vendidos em 18 países e vendeu, até o momento, 83 milhões de exemplares. O Guinness Book of Records o coloca como o autor vivo mais traduzido da história.”

Em 2008, lançou o livro O Vencedor Está Só, que fala sobre uma série de assassinatos no Festival de Cinema de Cannes. Nesse livro, Paulo faz uma forte crítica social sobre como a elite se comporta e como somos manipulados por suas ações. Sendo esse o primeiro livro em que Paulo sai do mundo da magia e da religiosidade e entra no mundo do suspense policial, o tema não agradou boa parte dos fãs. Mas isso não fez com que o livro também não fosse um sucesso.

Membro Acadêmico da Academia Brasileira de Letras, em setembro de 2007, a ONU nomeou o escritor Paulo Coelho seu novo “Mensageiro da Paz”.

SAIBA MAIS (https://pt.wikipedia.org/wiki/Paulo_Coelho)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2019/02/nossas-palavras-na-atual-conjuntura-se-referem-a-paulo-coelho/