Entrevista com o perito contábil Prof. Eduardo Terovydes Júnior

Prof. Eduardo Terovydes Júnior

Perfil do perito contábil Prof. Eduardo Terovydes Júnior

Prof. Eduardo Terovydes Júnior

Contador e Administrador de Empresas formado pela Universidade São Judas em 1988; é Perito Judicial Contábil e Administrador Judicial e em Penhora de Faturamento no Tribunal de Justiça de SP há 27 anos.

Como profissional de confiança de dezenas de Juízes, atua em processos cível, empresarial, bancário, família e tributário, bem como presta serviços quando contratado por uma das partes como assistente técnico contábil, orientando o cliente e servindo de intercâmbio com o Perito nomeado.

É membro ativo da Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo – APEJESP

Contatos:

Telefone: (11) 3567-2939

E-mail: contato@pericia-contabil.com

Site: http://pericia-contabil.com


Ouça a entrevista: Rádio Espaco Homem – 2018-08-15 – Prof. Eduardo Terovydes Júnior

https://drive.google.com/file/d/17yc_E4CoMqk0Vz27_eUZjmGbxf4ceN6A


OBS.: Respeitamos a Liberdade de Expressão de todas as pessoas. As opiniões aqui expressas NÃO refletem as da RÁDIO ESPAÇO HOMEM, sendo estas de total responsabilidade das pessoas aqui entrevistadas.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/entrevista-com-o-perito-contabil-prof-eduardo-terovydes-junior/

Após passar 20 meses velejando, Aleixo Belov retorna a Salvador

Keyla Pereira

Sex, 03/08/2018 às 15:18 | Atualizado em: 03/08/2018 às 15:18

O navegador Aleixo Belov traz a Salvador o Veleiro Escola Fraternidade, após 20 meses percorrendo os mares do mundo. O retorno acontecerá neste sábado, 4, às 10h no porto da cidade. O espaço ficará aberto ao público de forma gratuita.

Belov retorna à capital baiana após realizar sua quinta volta ao mundo. A prioridade desta viagem era antes de tudo visitar o Alaska. “É um lugar exótico, com muitas geleiras, ursos e salmões. O Alaska é um lugar único”, explica o navegador sobre a experiência.

A decisão do engenheiro de visitar ao Alaska surgiu baseado nas últimas viagens. “Já realizei três viagens sozinho ao redor do mundo e as duas últimas levei alguns estudantes. Como ainda não inha passado pelo Alaska, decidi que era o momento de conhecer, agora faltam poucos lugares”, explica Aleixo.

Após navegar pelo mar do Caribe, Parque Nacional da Ilha de Cocos da Costa Rica e até Parque Nacional Kenai Fjords, Aleixo reúne experiências singulares que marcaram sua vida. “No mar ficamos longe de hospital, se alguém passar mal fica difícil. Viver é arriscado, porém gostoso”, conta.

Conhecimento: o motivo das viagens

Após realizar três viagens ao redor no mundo sozinho, Aleixo decidiu construir o Veleiro Escola Fraternidade. Possuindo 21 metros e 80 tolenadas, o barco se tornou um motivo a mais para que o navegador mantivesse as viagens e dessa vez acompanhado.

Belov explica que as inscrições são realizadas através da internet, quando ele divulga a próxima viagem. Ele explica que iniciou com 26 alunos presentes no veleiro e depois reduziu para 17, com receio de acidentes ao longo da viagem.

Cada grupo que viaja ao lado de Belov conhece um quarto do percurso total. O navegador sempre vai a um ponto e retorna a Salvador para que mais pessoas possam ter a possibilidade de experimentar.

Os alunos não precisam investir para participar da viagem, o próprio Aleixo paga as necessidades dos componentes, incluindo passagens de avião para quem não mora na capital baiana.

Quanto ao processo de escolha, Aleixo afirma que prefere aqueles que nunca tiveram oportunidades para conhecer o mundo. “Quem nunca conheceu os lugares deseja aprender e o Veleiro Escola Fraternidade possibilita isso”, afirma.

O navegador explica o que motivou realizar as cinco voltas ao mundo: “A curiosidade sobre como vivem os povos, além de comparar com a nossa sociedade. O foco principal é encontrar o sentido da vida”.

As experiências de Aleixo estão registradas em sete livros e ainda há 17 cadernos de 200 folhas com relatos das viagens, além de vídeos que se tornarão filmes, segundo o navegador.

Uma pausa, o retorno para casa

Embora tenha dito que conheceu quase o mundo todo e que já até “reclamou com o Criador por ter feito um planeta pequeno”, Aleixo no momento irá retornar a Salvador e não possui planejamento para viajar no momento.

“Não há nada marcado, eu tenho 75 anos e quero produzir meus filmes e livros. Se após esses projetos eu estiver com saúde, irei viajar novamente”, afirma.
Aleixo afirmou que estava com saudade de voltar para casa, mas não para a rotina que tanto buscou fugir. O navegador contou que em conversa com pessoas próximas ouviu que ele “fugiu da gaiola, mas deixou a porta aberta para retornar e nem todo mundo tem essa possibilidade”.

Desprendido da terra, Belov ressalta diversas vezes ao longo da entrevista sobre a importância de viajar e o aprendizado que recebeu ao longo desses roteiros. O engenheiro agora irá focar em trabalhar em sua empresa, a Belov Engenharia Limitada, que atua com obras marítimas, portos e sub-aquáticas.

(Fonte: http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/1981521-apos-passar-20-meses-velejando-aleixo-belov-retorna-a-salvador, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/apos-passar-20-meses-velejando-aleixo-belov-retorna-a-salvador/

Banco desconta R$ 10 mil de dívida inexistente e TJ-SP manda autos ao MP

11 de agosto de 2018, 12h06

Por Mariana Oliveira

A 22ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo enviou para o Ministério Público os autos de uma ação em que os bancos Santander e Aymoré foram condenados a indenizar um idoso de 78 anos por cobrança de dívida inexistente e negativação indevida.
TJ de São Paulo condena banco a devolver em dobro valores cobrados indevidamente de idoso de 78 anos.

Autos foram enviados ao MP de São Paulo “para todos os fins próprios”.

A “dívida” informada pelos bancos ao idoso era de R$ 76 mil, dos quais R$ 10 mil já haviam sido cobrados. Mas o suposto devedor não reconheceu a existência do débito e as empresas não a comprovaram no processo.

Os bancos foram condenados a devolver os valores cobrados indevidamente em dobro e a pagar indenização de R$ 5 mil por dano moral. A decisão, unânime, seguiu o voto do relator, desembargador Roberto Mac Cracken.

Em primeira instância, os bancos chegaram a dizer que agiram corretamente, já que a dívida de fato existiu. Mas não apresentaram nenhum documento que comprovasse a alegação. E foram condenados.
Recorreram ao TJ-SP e tiveram o pedido negado. “Os requeridos, nas presentes razões recursais, apenas alegam que ‘não há nenhuma ilicitude na conduta desta Instituição Financeira, vez que agiu de forma correta e rigorosa com o procedimento adotado’, porém sem indicar, efetivamente, qualquer elemento de prova que alicerce sua alegação”, escreveu Mac Cracken. “Desse modo, com o devido respeito, ante a ausência de prova, o pedido declaratório deve ser julgado procedente.”

Clique aqui para ler a decisão.
Apelação 1005264-45.2017.8.26.0564

Mariana Oliveira é repórter da revista Consultor Jurídico.

(Fonte: https://www.conjur.com.br/2018-ago-11/banco-desconta-divida-inexistente-tj-sp-manda-autos-mp, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/banco-desconta-r-10-mil-de-divida-inexistente-e-tj-sp-manda-autos-ao-mp/

Homem é condenado por stalking contra mulher

Réu enviava mensagens telefônicas de cunho sexual à vítima, além de ir constantemente ao local de trabalho dela.

Terça-feira, 29 de maio de 2018

O juiz de Direito substituto Rogerio de Vidal Cunha, da 3ª vara Cível de Foz do Iguaçu/PR, condenou um homem em R$ 25 mil, a título de danos morais, por praticar stalking contra uma mulher que trabalhava próxima a ele.

Entre janeiro e dezembro de 2014, a mulher, que trabalhava na conveniência de um posto de combustível, sofreu prática de atos persecutórios pelo segurança de uma casa de câmbio por meio de 1.246 mensagens telefônicas, muitas delas com teor sexual, além da visita constante do homem em seu local de trabalho. Ao ajuizar ação contra o segurança, este negou o assédio e alegou que a mulher mantinha contato telefônico com ele por livre vontade.

Ao julgar o caso, o magistrado constatou que o homem praticou stalking, que são atos persecutórios praticados contra uma pessoa de forma insidiosa ou obsessiva. O juiz analisou o depoimento de testemunhas e constatou que a mulher ficava nervosa e desconcertada com a presença do segurança em seu local de trabalho. Ainda de acordo com testemunha, a mulher foi agredida pelo marido quando este descobriu a troca de mensagens entre os envolvidos.

“Tanto o stalking como a intrusão relacional obsessiva são comportamentos insidiosos que buscam causar sofrimento às suas vítimas, são formas de constrangimento que ultrapassam qualquer senso de razoabilidade e de respeito, são, em essência, atos ilícitos que atingem o ser humano naquilo que lhe é mais caro, que é a sua tranquilidade de paz de espírito.”

Stalking no Direito brasileiro

O magistrado afirmou que não há no Direito brasileiro previsão legal expressa sobre a figura do stalking ou da intrusão relacional obsessiva. Para o caso, o julgador se socorreu ao direito italiano, em que o Código Penal disciplina a punição de tal conduta.

Rogerio Cunha concluiu que, nos casos de Stalking, “em se tratando de conduta insidiosa, praticada geralmente sem a presença de terceiros, por meio de subterfúgios e meias palavras, deve o julgador dar maior valor à afirmação da vítima, ainda mais, como no caso dos autos, em que está em perfeita sintonia com os demais elementos de convicção.”

Assim, condenou o segurança ao pagamento de danos morais, fixados em R$ 25 mil.

• Processo: 0001314-45.2015.8.16.0030

Confira a íntegra da decisão

(Fonte: https://www..migalhas.com.br/Quentes/17,MI280913,91041-Homem+e+condenado+por+stalking+contra+mulher, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/homem-e-condenado-por-stalking-contra-mulher/

Cientistas descobrem que luz azul do celular acelera processo de cegueira

De acordo com os pesquisadores da Universidade de Toledo, isso acontece porque a luz azul provoca degeneração da mácula. Entenda!

Por Alice Arnoldi

Os malefícios de ficar muito tempo olhando o celular são diversos e conhecidos. Tanto que, atualmente, aplicativos e até mesmo aparelhos celulares estão desenvolvendo alertas para quem saibamos a hora de deixar o aparelho de lado. Agora os estudiosos descobriram mais um motivo para não abusar do uso da telinha. De acordo com uma pesquisa feita pelos pesquisadores da Universidade de Toledo, nos Estados Unidos, a luz azul presente na tela dos aparelhos é capaz de fazer com que os usuários percam a visão.

Isso acontece porque a exposição prolongada à luminosidade liberada pelo dispositivo faz com que a retina passe por uma série de reações que favorece o surgimento de moléculas venenosas nas células dos olhos que são sensíveis à luz.

(Fonte: https://mdemulher.abril.com.br/saude/luz-azul-celular-causa-cegueira/, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/cientistas-descobrem-que-luz-azul-do-celular-acelera-processo-de-cegueira/

Aumento do número de jovens mortos por AIDS requer novas estratégias

Para o infectologista Ricardo Vasconcelos, não estamos conseguindo dialogar de maneira correta com os jovens

Por Redação – Editorias: Atualidades, Rádio USP

De 2006 a 2015, o número de jovens na faixa etária de 15 a 19 anos, infectados pelo vírus HIV, saltou de 2,4 para 6,9 para cada cem mil habitantes, segundo dados do Departamento de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde. Em São Paulo, em 2010, 10% dos jovens daquela faixa etária eram portadores do vírus HIV; em 2016, esse índice chegou a 23%. O que explica esse comportamento entre os jovens, que parecem não dar a mínima para os riscos que correm quando transam sem a devida proteção?

Para o médico infectologista Ricardo Vasconcelos, da Faculdade de Medicina da USP, algumas teorias explicam por que os jovens de hoje tornaram-se mais descuidados em relação à Aids. Uma delas tem a ver com o fato de que, hoje, o tratamento da moléstia, uma vez realizado adequadamente, é altamente eficaz.

Com isso, passa-se a ter menos medo de contrair a doença.

Outra teoria é a de que a atual geração de jovens não testemunhou o elevado número de vidas que a Aids ceifou em seus primórdios, sobretudo nos anos 1980, o que contribui para a perda do medo da doença. Por fim, uma terceira linha de pensamento atribui o problema à excessiva liberdade sexual dos dias atuais.

“O que eu acho, na verdade, é que não vai ser uma coisa só que vai explicar sozinha todo esse aumento da taxa de incidência entre os jovens”, diz Vasconcelos. “É uma coisa multifatorial, mas uma coisa que não é tão falada e que eu acredito que é superimportante nesse processo todo – que não pode ser usada como única explicação para esse fenômeno – é o fato de a gente não estar conseguindo dialogar de maneira correta sobre esse assunto com os jovens”, salienta.

Por isso, citando o exemplo dos youtubers, ele defende que lideranças jovens marquem presença nessa guerra, falando de maneira franca e aberta sobre Aids e prevenção para a população de sua faixa etária. O médico entende que as campanhas do Ministério da Saúde dialogam apenas parcialmente com os jovens, que muitas vezes não entendem a linguagem proposta, que deve ser a deles. Para Vasconcelos, não basta somente pedir para usar camisinha e fazer o teste do HIV, pois isso é o que tem sido feito nos últimos anos.

(Fonte: https://jornal.usp.br/atualidades/aumento-do-numero-de-jovens-mortos-por-aids-requer-novas-estrategias/, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/aumento-do-numero-de-jovens-mortos-por-aids-requer-novas-estrategias/

Gel contraceptivo masculino será testado a partir de abril

Amanda Silva | A TARDE SP

Novo método contraceptivo auxilia a evitar a gravidez com o foco no controle de fertilidade masculina
Com a tecnologia que cerca a população nos dias atuais, é comum que surjam ideias inovadoras ligadas a algum assunto específico. Na área de métodos contraceptivos não é diferente. Em 2016, por exemplo, um “anticoncepcional injetável” foi testado em homens por pesquisadores da Alemanha.

Hoje, a novidade – também para o sexo masculino – é um gel contraceptivo que bloqueia temporariamente a produção de esperma no corpo humano, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano (Nichd) dos Estados Unidos.

A duração dos testes será de aproximadamente 4 anos, até que os pesquisadores possam apresentar resultados definitivos. O início ocorrerá no mês de abril. De acordo com a instituição, inicialmente 400 casais dos Estados Unidos, Itália, Grã-Bretanha, Chile, Suécia e Quênia serão submetidos ao novo método. Segundo Diana Blithe, diretora do programa de desenvolvimento de contraceptivos do Nichd, o gel deverá ser aplicado em braços e costas dos homens diariamente. “Não é um grande esforço. Só é necessário lembrar de usá-lo todos os dias”, diz.

Pesquisadores apostam na eficácia do produto devido à sua composição. Batizado de NestoroneGel, ele contém dois hormônios sintéticos: testosterona e progestagênio. A função do progestagênio é impedir que os testículos produzam testosterona suficiente para o nível normal de esperma. Já a testosterona servirá como forma de substituição e será necessária para que haja um equilíbrio hormonal, porém ainda sem a produção dos espermatozóides.

Diana explica que o método é capaz de reduzir a produção de esperma por aproximadamente 72 horas. Nos testes, inicialmente os homens deverão fazer uso do gel por, pelo menos, quatro meses. As parceiras também deverão utilizar algum contraceptivo. Enquanto isso, pesquisadores monitorarão os níveis de espermatozóide, que devem cair a menos de um milhão por mililitro, para prevenir de maneira eficaz a gravidez. Uma vez que o número seja suficientemente baixo, o casal utilizará somente o gel contraceptivo por um ano.

Macacos

A pesquisa teve início há 10 anos e, em fevereiro de 2016, foram realizados testes bem sucedidos em 16 macacos machos adultos. Os animais foram monitorados durante uma semana, com o uso do gel e liberados em seguida em um ambiente de fêmeas férteis. O acasalamento ocorreu, mas nenhuma delas ficou prenhe ao longo do estudo.

(Fonte: http://atarde.uol.com.br/saude/noticias/1926229-gel-contraceptivo-masculino-sera-testado-a-partir-de-abril, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/gel-contraceptivo-masculino-sera-testado-a-partir-de-abril/

Tratamento para largar cigarro custa cerca de R$ 1.000 em 3 meses, explica médica

Em 20 anos, o Brasil diminuiu pela metade o porcentual de fumantes. Tratamento com remédios é opção eficaz; de cada 10 que se tratam, 5 ou 6 conseguem parar.

Por Mariana Palma, G1, São Paulo

31/05/2017 07h49 Atualizado 01/06/2017 12h44

Se largar o cigarro fosse fácil, o Brasil não teria hoje 18 milhões de fumantes. Muitos tentam parar sozinhos e acabam se frustrando porque não conseguem. Só que hoje existe tratamento para isso – um tratamento com remédios que dura 3 meses e pode sair mais barato que o dinheiro gasto com cigarros em poucos meses. “O tratamento não é caro. Caro é fumar. (…) Três meses de tratamento custam no total R$ 1 mil, em média”, diz a cardiologista Jaqueline Issa, diretora do programa de tratamento do tabagismo do Incor, em São Paulo.

(Fonte: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/pagar-tratamento-para-largar-cigarro-pode-ser-mais-barato-que-continuar-fumando-diz-medica.ghtml, data de acesso: 10/08/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/08/tratamento-para-largar-cigarro-custa-cerca-de-r-1-000-em-3-meses-explica-medica/

Dia 15 de Julho e Dia 12 de Agosto deixam os homens em destaque

Nesta edição temos comemorações especiais para homens muito especiais na vida de toda a população, aliás, só existimos também graças a um pai. Fomos gerados, talvez educados por outros homens, tivemos heróis que foram nossos ideais profissionais sócio-políticos, enfim, para nós são GRANDIOSO HOMENS!

Assim, nesta edição, em honra também ao dia dos “Advogados (e das Advogadas) comemorado em 11 de Agosto, destacamos o advogado mundial, in memoria, no seu centenário de nascimento: Nelson Mandela (Nobel da Paz, em 1993), trajetória além do próprio lar e do próprio país, e com sua célebre citação: “Sempre parece impossível até que seja feito.”

Reverenciamos o inesquecível brasileiro, que há 2 anos partiu para sempre, mas foi considerado “o maior cirurgião plástico do mundo” e o “Pai da cirurgia plástica no Brasil!”

Dele a inesquecível frase: “Muitas rugas podem recordar momentos de alegria e não tiram a dignidade do rosto.” IVO PITANGUY

Trouxemos duas entrevistas sensacionais de homens do cotidiano, na luta por ascensão social e de profissão, tornam-se mentores de todas as pessoas: aqui trazem uma contribuição do que sabe, e enobrecem aqueles que como eles estudam muito, superam muitas dificuldades para alcançar o ideal profissional (socio político e religioso, até mesmo).

Teríamos muito orgulho em contar a trajetória e a estória de muitos e milhares de homens vencedores de nosso país, assim como você que nos lê, em todas as suas segmentações socio- geográficas, e profissionais.

Aqui nesta edição também buscamos informação atuais sobre interesses de direito de família, mas o “show fica por conta da reportagem da felicidade de um pai, que com artifícios de enfermeiras, consegue fazer a primeira amamentação de sua bebê recém-nascida…”.

Esperamos que aprecie as dicas que pesquisamos para você também. Feliz Dia Nacional dos Homens! Feliz Dia dos Pais!

Nossa gratidão a muitos homens maravilhosos que são nossos voluntários, colaboradores, em especial “um homem sensacional de nossa equipe!”

Fraternal abraço, de Elisabeth Mariano e equipe ESPAÇO HOMEM.

Comemorações:

  • 15 de Julho – Dia do Homem;
  • 26 de Julho – Dia do Vovô;
  • 19 de Julho – Dia Nacional do Futebol;
  • 20 de Julho – Dia da 1ª Viagem à Lua;
  • 04 de Agosto – Dia do Padre;
  • 12 de Agosto – Dia dos Pais.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/07/dia-15-de-julho-e-dia-12-de-agosto-deixam-os-homens-em-destaque/

Entrevista com o advogado Dr. Eneas de Oliveira Matos

Dr. Eneas de Oliveira Matos

Perfil do advogado Dr. Eneas de Oliveira Matos

Eneas Matos. Professor Doutor da Faculdade de Direito da USP e Advogado.

Eneas Matos, Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da USP, Mestre pela Universidade de Hamburgo, Alemanha, Doutorado em Direito Civil pela USP, Professor da Faculdade de Direito da USP e Advogado. Autor dos livros “Dano moral e dano estético”, editora Renovar, 2008, “Erro médico e o Judiciário”, editora Academia Olímpia, 2015, além de artigos em revistas jurídicas.

Atuação nas áreas de direito civil, responsabilidade civil, contratos, direito do consumidor e direito empresarial.

Contatos:

Telefone: (11) 3101-9764

Site: http://www.oliveiramatos.com.br



OBS.: Respeitamos a Liberdade de Expressão de todas as pessoas. As opiniões aqui expressas NÃO refletem as da TV ESPAÇO HOMEM, sendo estas de total responsabilidade das pessoas aqui entrevistadas.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/07/entrevista-com-o-advogado-dr-eneas-de-oliveira-matos/