Causa principal são os atos e fatos da modernidade

29 de Agosto
Dia Nacional de Combate ao Fumo

8 de Setembro
Dia Nacional de Luta por Medicamento


Ao ler títulos artigos sobre “O QUE NOS OCORRE NA MODERNIDADE”, encontramos muitas ´e “novas síndromes”, com novos distúrbios e novas doenças….

As Literaturas sobre este assunto: MODERNIDADE, valem para nos atualizar sobre o “NOVO CONTEXTO SÓCIO-POLÍTICO”, cujo nos brinda com alterações emocionais,
metabólicos, da ansiedade a fadiga generalizada, das dores musculares “ao coração partido”, além da ansiedade que se instala e, nos conduz até ao pensamento suicida…

Afinal, que modernidade é esta? Cercados de equipamentos digitais, ultrarrápidos, e, devagar quase parando com as novas emoções, porque as antigas se perderam no tempo.

Que tal refletir e decidir em que tipo de modernidade, queremos estacionar as nossas emoções, e o nosso tempo para agir e descansar, refletir e amar?

Os sentimentos de paz, amizade, compaixão, alegrias, carinhos estão na receita da felicidade, para si mesmo e para outros, e, nos leva a ser um reduto de paz…

Nada de temer a enfrentar uma segunda-feira, ou uma nova prova de sobrevivência diária, porque nos vitaliza a alegria de ser, e de se dar, não apenas só receber!

Quem semeia fraternidade colhe amor, amizade, saúde, paz, felicidade… vive sem quaisquer tipos de síndromes da modernidade…

Repensar cada dia e se programar para encontrar paz, saúde, afeto e alegria. Vamos construir esta modernidade?

Parar para pensar… E pesar nossos atos é uma forma de dar a si mesmo a nova forma de ter saúde, e se amar…
Assim, em si mesmo, em primeiro lugar terá a paz… Viver em paz é não sofrer de síndromes de quaisquer naturezas…

É repartir o equilíbrio, a serenidade, a confiança em melhores dias para si e, para outrem…

Um balanço de emoções construtoras, pacíficas e benéficas…

Segundo De Rose: ” O que introduzimos na teoria da “Síndrome da Felicidade” é a descoberta de um fenômeno quase inverso ao que foi descrito e que os pesquisadores ainda não situaram a contento. Trata-se daquela circunstância mais ou menos duradoura na qual não há necessidade de lutar nem de fugir porque está tudo bem.”

https://www.metododerose.org/blogdoderose/tag/sindrome-da-felicidade/

Nossos votos para que você, homem tão ocupado em suas tarefas e tão preocupado com suas responsabilidades, possa ter e viver na “síndrome da felicidade”!

Fraternal abraço de Elisabeth Mariano e equipe ESPAÇO HOMEM.

Fontes pesquisadas:

DOS MALES DA MODERNIDADE: A SÍNDROME DO FANTÁSTICO

Published on 2016 M04 22

Thiago Costa

” Seu problema é outro. É pensar que o domingo está quase no fim e, com isso, a segunda-feira está chegando e tudo vai recomeçar.”

Link permanente para este artigo: https://espacohomem.inf.br/2019/08/causa-principal-sao-os-atos-e-fatos-da-modernidade/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.