Aumenta o número de homens com depressão e ansiedade

O Brasil há um ano atrás, nas estatísticas da OMS, em relação as amostragens da América Latina, estava com índice de 5,8% de casos de depressão, (no mundo era 4,4%) – o que representava (arredondando) um total de quase 12 milhões de brasileiros, e, sendo que ainda o povo brasileiro liderava com o mais alto índice de ansiedade no mundo – 9,3%, o que equivale informar que estaria em torno de quase 19 milhões de pessoas.

Lamentavelmente tais casos de doenças levam ao suicídio e a outros transtornos com dependências de drogas, e nas bebidas, e a impossibilidade para o trabalho.

Recentemente, em diálogo com um especialista no assunto, ele informa que aumentou o número de homens, vítimas de ansiedade e depressão, antes mais comum nas faixas de áreas mais pobres, hoje se estende em todas as classes sociais, aumentado o número de homens, diante de desemprego e as instabilidades nos cenários de poder.

Um dos pontos que tal especialista citou é que a meditação, a Yoga, e até atos religiosos, podem contribuir para combater o estresse, promovendo o relaxamento mental, e a superação das dificuldades, assim como também, é muito salutar o convívio com grupos de amizades. As terapias para quem tem acesso aceleram a recuperação, todavia atualmente há algumas unidades de SUS, que também atendem com as modalidades de acupuntura, exercícios especializados, yoga etc.

O que importa é não desistir de si mesmo, é acreditar que poderá inovar e superar-se, e que por isto sairá bem mais fortalecido das situações de crise.

Organize os seus grupos de amizade, e busque ser uma pessoa mais solidária e engajada, sentir-se-á mais útil, e verá que sempre há alguém que precisa mais de você, do que você desta pessoa. É muito gratificante saber doar-se, um “santo remédio” para ser feliz.

SUGESTÃO DE LEITURA: https://super.abril.com.br/comportamento/o-poder-das-amizades-na-vida-de-uma-pessoa/

Pesquisamos algumas notícias e informações, que acreditamos possam ser interessantes, podem ser um bom motivo para dialogar com alguém, e, não se sentir tão só, ou, melhor não deixar alguém tão só a nossa volta… sem ter com quem dialogar, que tal?

Um fraternal abraço, com votos de muito sucesso e alegrias em sua vida. Quiçá as entrevistas que fizemos sejam também muito interessantes e valiosas, pois nossos colaboradores são voluntários em repartir seus conhecimentos, e, contam muito com nossa estima. Elisabeth Mariano e equipe ESPAÇO HOMEM.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/aumenta-o-numero-de-homens-com-depressao-e-ansiedade/

Entrevista com Luciano Sanfilippo de Macedo, Psicólogo Infantil

Luciano Sanfilippo de Macedo

Perfil de Luciano Sanfilippo de Macedo, Psicólogo Infantil.

  • Graduado em Educação física e Psicologia.
  • Pós-graduação em Psicopedagogia.
  • Mestre em educação pela universidade metodista de São Paulo.
  • Doutor em ciências pela Faculdade de Saúde pública da USP.
  • Pesquisador na área da saúde mental e educação no LASAMEC.
  • Psicólogo clínico infantil.

Contato:

E-mail: lucianosm@yahoo.com.br

Facebook: Espaço Vida Escolar

Celular: (11) 99905-6556



OBS.: Respeitamos a Liberdade de Expressão de todas as pessoas. As opiniões aqui expressas NÃO refletem as da TV ESPAÇO HOMEM, sendo estas de total responsabilidade das pessoas aqui entrevistadas.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/entrevista-com-luciano-sanfilippo-de-macedo-psicologo-infantil/

Entrevista com Miguel Martin Olio, Professor de Educação Física

Miguel Martin Olio

Perfil de Miguel Martin Olio, Professor de Educação Física.

Miguel Martin Olio

  • Professor de Educação Física.
  • Professor especialista em educação para pessoas com surdocegueira.
  • Velejador a mais de 25 anos com uma viagem embarcado abordo do veleiro Parattii de 6 meses para Antártica, Malvinas e Geórgia do Sul.
  • Criador do Sailing Sense.
  • Projeto Sailing Sense.
  • Tem por objetivo ensinar pessoas com surdocegueira e deficiência múltipla sensorial a velejar. Temos hoje 10 anos de parceria com a Ahimsa, instituição que trabalha com crianças e jovens.
  • Hoje também desenvolvemos o nosso trabalho com pessoas surdas, pessoas com deficiência visual, TGD e Síndrome de Down.

Contato:

Miguel Olio

E-mails: miguelmartinolio@gmail.com / sailingsense2007@gmail.com

Celular: (11) 99393-8585


Ouça a entrevista: Rádio Espaço Homem – 2018-04-15 – Miguel Martin Olio

https://drive.google.com/open?id=11pbrzKYwJPDRyc4J4SviQJMo2wEI8fma

OBS.: Respeitamos a Liberdade de Expressão de todas as pessoas. As opiniões aqui expressas NÃO refletem as da RÁDIO ESPAÇO HOMEM, sendo estas de total responsabilidade das pessoas aqui entrevistadas.

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/entrevista-com-miguel-martin-olio-professor-de-educacao-fisica/

Australiano de 99 anos nada 50m em menos de um minuto

Georges Corones é o primeiro atleta de terceira idade a nadar 50 metros livres em menos de um minuto

Por AFP

access_time3 mar 2018, 12h24

O australiano Georges Corones, que em abril vai completar 100 anos, estabeleceu um novo recorde de natação nos 50 metros livres na categoria de 100 a 104 anos, nadando a distância em 56 segundos e 12 centésimos.

Georges Corones é o primeiro atleta de terceira idade a nadar 50 metros livres em menos de um minuto.

O recorde anterior, estabelecido em 2014, pertencia ao britânico John Harrison, que, com 99 anos, nadou os 50 metros em 1 minuto e 31 segundos.

Corones, ex-médico, atribui sua longevidade à natação, que pratica desde criança.

Quando está na piscina, “é o único momento em que o corpo não deve lutar para resistir à força da gravidade”.

“Na água, a pessoa flutua e não existe sensação mais agradável”, declarou, depois de bater o recorde.

(Fonte: https://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/australiano-de-99-anos-nada-50m-em-menos-de-um-minuto/, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/australiano-de-99-anos-nada-50m-em-menos-de-um-minuto/

Menino de 10 anos cria dispositivo que impede a morte de bebês esquecidos dentro do carro

O dispositivo é acoplado ao assento do veículo para detectar se a criança foi deixada dentro dele.

Por Redação RPA

O dispositivo ainda está em fase de testes, mas promete salvar a vida de muitos bebês.

Bishop, de apenas 10 anos, é aluno da 5ª série na cidade de Melissa, no Texas, EUA. A ideia de criar o dispositivo surgiu depois que ele viu a morte de uma bebê esquecida dentro de uma minivan, no verão, perto de sua casa. Bishop ficou tão abalado que queria impedir este tipo de tragédia.

O dispositivo é acoplado ao assento do veículo para detectar se a criança foi deixada dentro dele. Batizado de “Oasis”, ele sopra ar fresco até que os pais e as autoridades sejam acionados a respeito da situação.

“Seria um sonho ter muitas invenções que pudessem salvar várias vidas”, disse o garoto ao NBCDFW.com.

Só nos Estados Unidos, cerca de 37 crianças morrem anualmente por serem abandonadas dentro de carros fechados, segundo a organização Kids and Cars, que monitora essas ocorrências.

A paixão por desenhos está no seu DNA. O pai de Bishop trabalha como engenheiro da Toyota, que já tomou conhecimento da sua invenção. Recentemente, pai e filho viajaram a Michigan para apresentar o protótipo em uma Conferência de Segurança Automobilística.

Os Currys também criaram uma página na plataforma GoFundMe para arrecadar fundos com o objetivo de concluir o desenvolvimento da invenção. A meta inicial era de US $ 20 mil, mas eles já conseguiram mais de US $ 21 mil e você também pode ajudar a financiar essa ideia sensacional.

Com informações do Yahoo!

Postado por Redação RPA

Publicamos histórias que nos dão razões para acreditar em um mundo melhor.

(Fonte: http://razoesparaacreditar.com/tecnologia/dispositivo-impede-morte-de-bebes/, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/menino-de-10-anos-cria-dispositivo-que-impede-a-morte-de-bebes-esquecidos-dentro-do-carro/

Como 2 taças de vinho antes de dormir podem ajudar a perder peso

Parece bom demais para ser verdade: 2 recentes estudos sugerem que beber vinho pode ajudar a impulsionar a perda de peso – especialmente se você beber antes de dormir.

De acordo com o The Drinks Business, cientistas da Universidade Estadual de Washington descobriram que o resveratrol, um polifenol encontrado no vinho tinto, pode ajudar a transformar a teimosa gordura branca em gordura marrom “queimável”.

Um outro estudo, feito em Harvard, encontrou uma ligação entre o vinho e a perda de peso. Pesquisadores examinaram 20.000 mulheres ao longo de 13 anos e viram que aquelas que bebiam duas taças de vinho por dia tinham 70% menos probabilidade de estar acima do peso.

E por que é melhor beber à noite? Um estudo realizado em 2012, que observou os efeitos do resveratrol nas abelhas, descobriu que o composto ajuda a reduzir o apetite. Pode ser que o vinho simplesmente ajude a evitar os lanchinhos tarde da noite.

Mas antes de esgotar o estoque de vinho para dormir, devemos acrescentar que o professor Min Du, autor do estudo da Washington State University, observa que o vinho não é a maneira mais eficiente de polifenóis como o resveratrol serem bons e eficientes para você. “Muitos dos polifenóis benéficos são insolúveis e filtrados durante o processo de produção do vinho”, diz ele. Em vez disso, ele sugere comer mirtilos, morangos ou uvas, frutas ricas no composto e que podem ser facilmente adicionadas à sua dieta diária.

Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite – (no G+)

(Fonte: http://www.mundoboaforma.com.br/como-2-tacas-de-vinho-antes-de-dormir-podem-ajudar-a-perder-peso/#ObJE7sDXewDSHEey.99, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/como-2-tacas-de-vinho-antes-de-dormir-podem-ajudar-a-perder-peso/

Cirurgia robótica para o tratamento do câncer de próstata

A cirurgia robótica é direito do paciente

A cirurgia robótica é direito do paciente ainda que haja outra técnica cirúrgica disponível, pois quem decide qual tratamento deverá ser realizado é o médico, que não pode sofrer interferência do plano de saúde ou do SUS.

Somente a cada 2 anos o Rol de procedimentos de cobertura obrigatória dos planos de saúde é atualizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e, não bastasse todo esse tempo, a ANS deixa de incluir nas atualizações procedimentos já realizados pela medicina brasileira há muitos anos como, por exemplo, a cirurgia de prostatectomia radical pela técnica robótica, um tipo de cirurgia minimamente invasiva.

A cirurgia Robótica

O procedimento é realizado por um médico que fica sentado em uma mesa de operações que controle o equipamento robótico. O médico consegue visualizar o campo cirúrgico à distância e tem uma imagem em terceira dimensão (3D) aumentada em até dez vezes.

A primeira operação robotizada no Brasil foi realizada em 1990, mas foi somente a partir de abril de 2008 que as cirurgias robóticas foram efetivamente incorporadas à medicina brasileira.

Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, “na América Latina há 63 equipamentos instalados, sendo que 48 estão na América do Sul e quase 50% deles, no Brasil (23 equipamentos). Estes já se encontram espalhados em cinco estados (SP, RJ, CE, PE, RS)”[i]

Antes do surgimento dessa técnica, o paciente com câncer de próstata podia realizar a cirurgia através de outras técnicas, tais como a cirurgia abdominal aberta, cirurgia com incisão da perineal e através da técnica laparoscópica. As duas primeiras cirurgias apresentam maior risco de causar incontinência urinaria e disfunção erétil, além da dor abdominal no pós-operatório.

A técnica que utiliza a vídeo laparoscopia, embora apresente menor risco de danos colaterais ao paciente, não se equipara com a cirurgia robótica em termos de qualidade e precisão de imagem. Além disso, dependendo do tamanho da próstata, a cirurgia laparoscópica pode não ser possível.

Desta forma, a técnica cirúrgica com o auxílio do robô não só apresenta maior potencial de preservação da integridade física do paciente, como também tem maiores chances de evitar efeitos colaterais como incontinência urinária e difusão erétil.

A técnica também contribui com a diminuição da perda de sangue, exige um prazo menor para recuperação e oferecer a oportunidade de o paciente retornar mais rápido às suas atividades.

O rol da ANS

De abril de 2008 (ano da primeira cirurgia realizada no Brasil) até hoje, já se passaram mais de 8 anos. Nesse período, a ANS já fez diversas atualizações do rol de procedimentos de cobertura obrigatória, mas, até hoje, a cirurgia de prostatectomia radical com auxílio de robô permanece excluída dessa lista, sendo, portanto, negada pelos planos de saúde.

Resta saber se a demora (injustificada) para a inclusão do procedimento no rol é por causa da ineficiência da ANS ou se é porque a Agência está agindo de forma a proteger os planos de saúde ao invés do consumidor, este sim a parte mais fraca da relação contratual.

Ao paciente que teve o seu tratamento negado, é importante saber que a negativa de cobertura de qualquer procedimento pelos planos de saúde sob a justificativa de não constar no rol da ANS é considerada abusiva e ilegal pela Justiça, que tem deferido os pedidos de liminares desde que haja suficiente justificação clínica, possibilitando que o paciente possa se submeter ao tratamento logo nos primeiros dias após o ajuizamento da ação.

DRA. CLAUDINEIA JONHSSON

[i] http://sbu-sp.org.br/wp-content/uploads/2016/02/Revista-BIU-27ago16.pdf, acesso em 22/11/2016

(Fonte: http://www.acjadvocacia.com.br/blog/problemas-com-tratamentos-blog/cirurgia-robotica-para-o-tratamento-do-cancer-de-prostata/, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/cirurgia-robotica-para-o-tratamento-do-cancer-de-prostata/

Autoexame para câncer de testículo: como fazer

Boa parte dos casos desse tipo de tumor, que acometeu o jogador Ederson, do Flamengo, é descoberta pelo próprio paciente. Saiba como se examinar

Por Da Redação

access_time9 abr 2018, 16h08 – Publicado em 25 jul 2017, 14h43

O câncer de testículo, diagnosticado no jogador Ederson, do Flamengo, surge, principalmente, em pessoas entre 15 e 50 anos de idade, com histórico familiar, lesões e traumas. Mas está longe de ser comum. Entre os tumores malignos que atingem o homem, cerca de 5% ocorrem nos testículos.

Um nódulo endurecido do tamanho de uma ervilha, geralmente indolor, ali ou na bolsa escrotal é o sintoma mais comum. E, embora sempre se peça para fazer avaliações com um médico de confiança, o autoexame pode ajudar a detectar a doença.

Como fazer essa avaliação

  • De pé, em frente ao espelho, verifique a existência de alterações em alto relevo na pele do escroto.
  • Examine cada testículo com as duas mãos. Posicione-o entre os dedos indicador, médio e polegar e movimente-o. Você não deve sentir dor. Não se assuste se um dos testículos parecer ligeiramente maior que o outro — é normal.
  • Procure o epidídimo — pequeno canal localizado atrás do testículo e que coleta e carrega o esperma. Isso é importante para se familiarizar com tal estrutura e não confundi-la como uma massa suspeita.

O que procurar

  • Qualquer alteração no tamanho dos testículos.
  • Sensação de peso no escroto.
  • Dor no abdômen inferior, na virilha, nos testículos ou no escroto.
  • Líquido que sai do escroto.

Quando fazer

Mensalmente, sempre após um banho quente. O calor relaxa o escroto e facilita a observação de anormalidades.

(Fonte: https://saude.abril.com.br/medicina/autoexame-para-cancer-de-testiculo-como-fazer/, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/autoexame-para-cancer-de-testiculo-como-fazer/

Remédios constitucionais

Publicado por Bruno César

Olá, você sabe o que é, ou pelo menos já ouviu falar sobre os “Remédios Constitucionais”? Talvez não com essa nomenclatura, mas com certeza já ouviu falar sobre “Habeas Corpus”, um dos principais “remédios”, e bastante comentado nos noticiários.

Primeiramente é importante destacar que a terminologia “remédios constitucionais” é uma construção doutrinária e não legal, pois a legislação contempla cada remédio com nome específico.

Você pode está se perguntando: E para que serve esses tais remédios?

Os remédios constitucionais, ou remédios jurídicos, são instrumentos previstos no ordenamento jurídico brasileiro que deveriam ser de conhecimento de todos os cidadãos do nosso país. Isso porque são mecanismos que garantem aos cidadãos os direitos fundamentais previstos na Constituição Federal quando o Estado não cumpre seu dever, seja por despreparo, ilegalidade ou abuso de poder.

Passaremos a entender cada um, começando pelo habeas corpus, com certeza o mais conhecido.

  • O habeas corpus é uma medida que tem por objetivo proteger o direito de ir e vir. É concedido sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder. É o que diz o artigo 5ºLXVIII da Constituição Federal. Vejamos:
  • Conceder-se-á habeas corpus sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder.

O habeas corpus pode ser de dois tipos, concedido em duas situações distintas, analisaremos pois cada um deles:

Habeas corpus liberatório: Com certeza esse é o mais comum, pois é justamente o que faz cessar o constrangimento ilegal que priva alguém da liberdade. Nesta espécie, quando o referido remédio constitucional é concedido, haverá expedição de alvará de soltura.

Habeas corpus preventivo: Esse tipo só é usado quando existe apenas uma ameaça ao direito. Nesse caso, qualquer pessoa física que se achar ameaçada de sofrer lesão a seu direito de locomoção tem direito de fazer um pedido de Habeas corpus. Essa pessoa é chamada de “paciente” no processo. O acusado de ferir seu direito é denominado “coator”.

  • O habeas data é uma ação que visa garantir o acesso de uma pessoa a informações sobre ela que façam parte de arquivos ou bancos de dados de entidades governamentais ou públicas. Também pode pedir a correção de dados incorretos.

O habeas data tem o seu fundamento legal no artigo 5º LXXII alíneas a) e b) da Constituição Federal e na Lei 9.507, de 12 de novembro de 1997.

  • Outro importante remédio é o mandado de segurança, instrumento que serve para garantir direito líquido e certo, individual ou coletivo, que esteja sendo violado ou ameaçado por ato de uma autoridade, em ato ilegal ou inconstitucional. Pode ser de dois tipos, vejamos quais são eles:
  • Mandado de segurança preventivo: O mandado de segurança preventivo é aquele pedido com fins de evitar uma ilegalidade. Para garantir que o direito se cumpra, o indivíduo entra com o mandado.
  • Mandado de segurança repressivo: no caso de o ato ilegal já ter sido cometido pela autoridade pública, entra-se com a ação de mandado de segurança repressivo, para reprimir a injustiça cometida.

Suponhamos que determinada pessoa foi aprovada em um concurso público dentro do número de vagas, porém o prazo do concurso se expira e ela não foi convocada para assumir o cargo. O que fazer para garantir o seu direito? Ela poderá entrar com mandado de segurança, mais precisamente o mandado de segurança repressivo, tendo em vista que o direito líquido e certo já foi violado por um ato de ilegalidade.

  • Outro remédio não tão conhecido por muitos como o habeas corpus, mas não menos importante é o mandado de injunção, ele busca a regulamentação de uma norma da Constituição, quando os poderes competentes não o fizeram. O pedido é feito para garantir o direito de alguém prejudicado pela omissão do poder público. Vejamos o que diz o artigo 5ºLXXI da Constituição Federal:
  • Conceder-se-á mandado de injunção sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania.

Para se intentar o mandado de injunção faz-se necessário a analise de alguns requisitos:

1º- Direitos e liberdades constitucionais previstos em normas de eficácia limitada (normas constitucionais que dependem de atuação posterior do poder público para regular o direito previsto de forma mediata, diferida, ainda limitada);

2º- Ausência de norma regulamentadora para efetivar esses direitos, liberdades ou prerrogativas ligadas à nacionalidade, à soberania e à cidadania (Omissão do Poder Público);

3º- Inviabilidade do exercício do direito, liberdade ou prerrogativa em virtude da falta de normatividade.

  • Por último temos a ação popular que permite ao cidadão recorrer à Justiça na defesa da coletividade para prevenir ou reformar atos lesivos cometidos por agentes públicos ou a eles equiparados por lei ou delegação. Há também a possibilidade de uma ação popular ser aberta quando a administração pública for omissa em relação a atos que deveria praticar.

Quem pode propor a ação popular? Todos os eleitores brasileiros, incluindo os menores de 18 anos, têm legitimidade para propor uma ação desse tipo, porém há a necessidade de se demonstrar a lesividade ou ameaça ao direito provocada pelo ato da administração pública ou pela omissão desta. A ação popular está prevista no artigo 5º LXXIII da Constituição Federal, vejamos:

Qualquer cidadão é parte legítima para propor ação popular que vise a anular ato lesivo ao patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe, à moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural, ficando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de custas judiciais e do ônus da sucumbência.

Cabe uma ação popular, por exemplo, quando é considerado abusivo o reajuste sobre o salário de vereadores de determinada câmara municipal.

É isso, espero ter esclarecido um pouco sobre o tema proposto.

Um grande abraço e até a próxima!

Bruno César

Acadêmico de Direito, Estagiário do Ministério Público Federal – MPF e Concurseiro.

(Fonte: https://brunocpsouza14.jusbrasil.com.br/artigos/564818309/remedios-constitucionais, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/remedios-constitucionais/

Correntes de prata, como usar?

A Corrente de Prata é um acessório capaz de combinar com vários estilos, pois tem abundantes modelos, dando ao look um ar mais despojado.

Ser vaidoso é uma das características das pessoas. Algumas podem ser mais, outras podem nem ligar tanto, entretanto todos amam estar bem vestidos e se sentir bem com as produções. Acompanhar a moda, para alguns, é diretriz, outros preferem produzir seu próprio estilo de acordo com o que mais gostam. O que de fato interessa é que VOCÊ se sinta bem e confiante com o que está utilizando.

E nem são só as mulheres que gostam de se arrumar e se sentirem bonitas. Os homens estão frequentando salões de beleza para cortarem os cabelos de acordo com as tendências, ficam por dentro das coleções de cada estação lançadas pelas marcas, conhecem as referências que serão/estão sendo usadas pelos famosos. Eles não ficam para trás quando o assunto é vaidade.

Homens e mulheres gostam de estar na moda e, também, de fazer moda. As produções são capazes de dizer muito a respeito quem é uma pessoa. As roupas que escolhe, o perfume que costuma usar, o corte de cabelo, e todos os outros detalhes, conseguem expressar ao mundo a sua personalidade.

Sua personalidade e gostos pessoas estarão presentes nos mais diferentes momentos, seja para ir na padaria ou naquela festa chic. Os acessórios são capazes de ser o toque pessoal que esteja faltando em suas produções e salientam a que você veio.

Acessórios Masculinos

Os homens que querem ficar na moda também podem escolher alguns acessórios para dar um toque de personalidade em suas produções.
Você poderá utilizar apenas uma camisa simples combinando com algum acessório que goste e estará arrumado, pronto para quase todas as ocasiões, seja durante o dia ou à noite.

São vários tipos de acessórios e semijoias que você poderá escolher para compor as suas produções, como relógios, chapéus, bonés, cintos, pulseiras de prata, carteiras e também correntes. As correntes de prata masculina conseguem ser ótimas pedidas para que seus looks fiquem ainda mais cheios de estilo.

Homens vaidosos e modernos são capazes de considerar a Corrente de Prata um complemento em seu visual, sendo que este poderá ser usado em variadas ocasiões e programas.

É mais comum que os homens prefiram utilizar os mais grossos, porém existem incalculáveis outros estilos e modelos. Escolha a peça que mais tenha a agregar a você e seu look, podendo, até mesmo, se necessário adicione um pingente na peça.

Cuidados Básicos

Não é de hoje que as Corrente de Prata são usados nas produções. Eles são colocados nos looks há diversos anos e são bons investimentos, afinal a Prata é um metal precioso. No entanto, para preservar a peça, é preciso tomar alguns cuidados básicos.

  • Não deixe sua Prata jogada em qualquer canto ou em meio a outras peças. Ele precisa ser deixada separadamente, em um saquinho ou uma caixa.

Para limpar, use sabonete líquido e esfregue, de forma suave, com uma escova macia. Você também pode usar produtos específicos para limpeza, mas certifique-se de que o item é de boa procedência e que está utilizando corretamente.

Famosos e a Corrente de Prata em Seus Looks

Diversos artistas, conhecidos e celebridades fazem uso da Corrente de Prata em suas produções. Entre eles estão os jogadores Ronaldinho Gaúcho e Cristiano Ronaldo e os atores Cauã Reymond, Caio Castro e Vin Diesel. Eles fazem o uso da Corrente em muitos de seus looks, e você também poderá usar esse acessório para completar as tuas produções.

Você pode utilizar a Corrente de Prata com camisa de gola V, ressaltando a peça, ou com camisetas, dando um ar mais despojado ao look, caso prefira, também pode utilizar com uma camisa de botões, sem perder a elegância que o Corrente oferece.
Visite nosso site e encontre as peças que fazem mais seu estilo.

(Fonte: https://www.maitejoias.com.br/blog/moda-estilo/correntes-de-prata-como-usar/, data de acesso 10/04/2018)

Link permanente para este artigo: http://espacohomem.inf.br/2018/04/correntes-de-prata-como-usar/